25 de maio

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
1/02/24 às 14h53 - Atualizado em 15/02/24 às 16h32

Operação Sossego em Águas Claras aborda mais de 200 motocicletas

COMPARTILHAR

Rejane Mota da Silva, da Ascom – Administração Regional de Águas Claras 

                        A ação contou com três pontos de bloqueio

O Departamento de Trãnsito do Distrito Federal, em sua 3ª Operação Sossego do ano, organizou três pontos de bloqueio na cidade de Águas Claras, na noite desta quarta-feira (31/01). Durante a ação, foram realizadas 240 abordagens, entre as quais foram identificadas 30 motocicletas com escapamentos alterados, além de 25 veículos terem sido recolhidos ao depósito da autarquia.

A equipe de fiscalização e policiamento do DETRAN/DF identificou 08 condutores inabilitados, 05 com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida e 06 veículos com sistemas de iluminação alterados.

Ademais, foram autuados condutores por 21 infrações diversas e realizados 10 testes de etilômetro entre aqueles que apresentaram indícios de consumo de bebida alcoólica ou alteração comportamental.

A operação contou com um grande aparato para sua realização, foram 15 viaturas, 31 agentes e 03 guinchos envolvidos. O Departamento de Trânsito do Distrito Federal investe na realização de operações como esta, visto que, além de terem como foco coibir o excesso de ruídos, permitem aos agentes identificar condutas irregulares que possam, eventualmente, trazer risco à população.

“A Operação Sossego tem o objetivo de combater a poluição sonora e garantir a segurança viária, através de intensificação da fiscalização em motocicletas. A operação permite retirar de circulação os condutores inabilitados, com CNH suspensa ou cassada, além de motos sem condições de rodar na via pública, garantindo-se assim a segurança viária.”, ressaltou o Coordenador Regional de Policiamento de Fiscalização de Trânsito Oeste, Wesley Cavalcante.

Destaca-se que conduzir motocicletas com escapamento alterado, emitindo ruído excessivo, incide em infração de trânsito grave, 5 (cinco) pontos na carteira, além de multa de R$ 193, 00 (cento e noventa e três Reais).

Motocicleta Roubada

A ação permitiu localizar e recuperar uma motocicleta Honda/CG 160 FAN, prata, produto de roubo/furto. Ao chegar ao depósito da autarquia, o agente responsável pela remoção observou, ao vistoriar o veículo, que o chassi não correspondia à placa. As autoridades policiais já foram comunicadas sobre o ocorrido.

** Com informações Detran-DF

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes