21 de outubro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais

Informações

Acervo ASCOM RA XX - Águas Claras (12)

 

Águas Claras vertical

O bairro de Águas Claras teve sua autorização de implementação através da Lei n.º 385 de 16 de dezembro de 1992, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal em 17/12/1992. Sua criação deu-se pela necessidade de viabilizar o metrô como uma proposta racional de ocupação do solo e expansão ordenada de Brasília. Quando a cidade foi planejada pelo arquiteto e urbanista Paulo Zimbres buscou-se a mesma qualidade de vida do Plano Piloto, embora em outros moldes urbanísticos. O projeto seguiu os princípios arquitetônicos contemporâneos de funcionalidade, conforto e harmonia visual.

Com 23 anos de existência e apenas 13 de emancipação, continua sendo o maior canteiro de obras do Brasil, contando com 722 edifícios já construídos com habite-se, 143 em construção e 277 lotes vazios, totalizando aproximadamente 1.142 lotes, constantes do projeto original da cidade.  Mais de 60 construtoras atuam diretamente no desenvolvimento da cidade que se tornou referência em debates e conferências sobre urbanismo em todo o país.

Dos seus 808 hectares, foram reservados 403 para área verde. As Avenidas e alamedas possuem nomes inspirados em plantas, como: Araucárias, Castanheiras, Flamboyant, Ipê Amarelo, etc. As praças receberam nomes inspirados em pássaros como: Pardal, Beija-Flor, Tiziu, etc.

Os quatro viadutos nos principais pontos da cidade viabilizaram, em janeiro de 2009, o novo sistema viário da área vertical. Cada viaduto liga uma avenida à outra, ou seja, as Avenidas Castanheiras e Araucárias estão operando em sentido inverso de mão única e com mais uma faixa de rolamento.

No Sistema de Transporte Público, o metrô tem papel fundamental no desenvolvimento local. Seus trilhos atravessam a cidade de um extremo ao outro, dividindo-a em bairros Sul e Norte. Com previsão de quatro estações, atualmente funcionando três: Arniqueira, Águas Claras e Concessionárias, interligando a cidade ao Plano Piloto, Guará, Samambaia e Ceilândia. O Sistema apresenta também, linhas regulares de ônibus e microônibus.

O Setor Educacional da área vertical  possui uma creche pública em funcionamento. Atualmente várias escolas oferecem educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e superior. Atualmente existem cinco universidades particulares em funcionamento no cidade.

Já é possível vislumbrar Águas Claras completa, tornando-se uma das melhores cidades do Distrito Federal para se viver, oferecendo aos seus moradores um vasto ambiente de beleza com praças, jardins, galerias comerciais, shoppings e outros.

 

Arniqueira

 

O Setor Habitacional Arniqueira era uma área rural, ocupada desde o início do Distrito Federal. Paulatinamente, a área foi-se transformando em área urbana que atualmente se encontra em processo de regularização.O Setor Habitacional Arniqueira (Vereda Grande, Arniqueira e Veredão) teve suas primeiras ocupações rurais ainda na década de 60.

A renda bruta das famílias de Arniqueira é de R$6.196,00 (seis mil cento e noventa e seis reais), 12,1 salários mínimos, próxima a renda média encontrada para a região total de Águas Claras.

De acordo com o estudo da Codeplan (PDAD 2016), Arniqueira possui o percentual de crianças (20,19%) superior ao de Areal (17,40%) e de Águas Claras Vertical (15,60%).

Na área educacional, o setor conta com a Escola Classe Arniqueira que atende alunos de 1º a 5ª séries.

O setor está sob a Ação Civil Pública nº 2008.34.00.025634-3 por Decisão Interlocutória – 20ª Vara da Secretaria de Justiça do Distrito Federal. A referida ação é de cunho ambiental e determina embargo de obras em área de preservação.

Devida a esta ação cível o GDF publicou no Diário Oficial do Distrito Federal do dia 14/02/2011 o Decreto nº 32.766/11, que criou o grupo emergencial de combate a ocupações irregulares em Arniqueira.

Atualmente o projeto para a regularização do setor está em fase avançada. A Terracap contratou em (2010) a empresa Topocart para desenvolver os projetos urbanísticos e ambientais para a legalização do setor. Os mapas podem ser consultados através do blog:www.projetoarniqueira.blogspot.com

Gerência Regional de Arniqueira

Gerente: André Luis Sales dos Santos

 

Areal

Ainda não está oficialmente definida a poligonal do Areal, entretanto é a Administração de Águas Claras que atualmente atende a demanda do local.

Setor Educacional conta com : Duas escolas públicas, um Centro Infantil e uma Escola Técnica. O CAIC (Qs.07) atende alunos de 1ª a 4ª série e a Escola Classe Vila Areal (Qs. 06) de 5ª a 9ª serie. O Centro de Educação Infantil (QS 11) atende crianças de 4 e 5 anos.

A única Escola Técnica pública do DF está no Areal. A Escola Técnica de Brasília localizada na QS 07, foi criada pela Resolução nº. 5.505 de 21/6/96, do então Conselho Diretor da Fundação Educacional do Distrito Federal. O Areal possui ainda uma creche pública (Creche Irma Celeste Qs.06) que atende mais de 200 crianças. O local também abriga o Albercon, único albergue público do DF.

Saúde Pública conta apenas com o Centro de Saúde do Areal. Uma Unidade Básica de Saúde foi inaugurada recentemente na QS 05.

 

ADE

A definir.

 

ACESSE PDAD ÁGUAS CLARAS 2016:

PDAD_Aguas_Claras_2016

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros