09 de dezembro

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais
22/10/12 às 11h09 - Atualizado em 29/10/18 às 10h59

Enquete – “Qual pássaro deve cantar na sua praça?”

COMPARTILHAR

Fazendo jus ao projeto pioneiro do urbanista Paulo Zimbres, responsável pela urbanização da cidade em meados de 92, todas as praças da cidade recebem nomes de pássaros da fauna brasileira. Por sua vez, ruas e avenidas, recebem nomes de árvores da nossa flora.

Conforme as praças vão sendo urbanizadas, surge a necessidade de estabelecer os seus respectivos nomes. Por este motivo, a Administração Regional de Águas Claras realiza enquete para que a população possa escolher o nome de 5 praças.

A enquete estará no ar do dia 22 de outubro a 6 novembro no site www.aguasclaras.df.gov.br. Conheça as praças que serão nomeadas:

– Praça da Quadra 107;

– Praça da Quadra 301;

– Praça da Rua 19 Sul;

– Praça da Avenida Araucárias, entre as Ruas 30 e 31 Sul;

– Praça da Avenida Castanheiras, entre as Ruas 7 Norte e Ipê Amarelo.

Histórico

As praças Rouxinol, Faisão, Beija-Flor tiveram seus nomes escolhidos pelos próprios moradores em uma enquete, “Que pássaro deve cantar na sua praça?, realizada em 2008.

Participe da enquete – Clique aqui (encerrada)

Clique aqui e veja o Mapa da localização das praças

ELEIÇÃO 1

PRAÇA DA RUA 19 SUL – Clique no nome do pássaro e veja a foto

Opções:

a) Praça Guache

O guache é um pássaro que mede de 21cm a 30cm. Possui voz rouca, misturada com assobios, e canto barulhento. Somente a fêmea constrói o ninho, feito em forma de bolsa, com materiais de diversos vegetais. Também é conhecido como japiim-de costas-vermelhas, japiim-do mato, japiim-guaxe e japira.

b) Praça Patativa

A patativa é um pássaro que mede cerca de 11cm, tem coloração cinza-azulado e bico variando entre o negro, o cinzento e o amarelo. Seu canto é um dos mais finos e melodiosos da avifauna. Vive em pequenos grupos, às vezes associados com outros pássaros.

c) Praça Quero-Quero

O quero-quero, também conhecido por tetéu e por espanta-boiada, mede cerca de 37cm. Possui um desenho chamativo de preto, branco e cinzento na plumagem, a íris e as pernas são avermelhadas. Seu nome é uma onomatopeia de seu canto. Muito popular no Brasil, vive em pastagens e é bastante visto em estradas, campos de futebol e próximo a fazendas. É considerado ave-símbolo do Rio Grande do Sul, definido por Lei estadual.

d) Praça Tico-Tico

O tico-tico mede 15cm e possui canto diurno diferenciado do canto noturno. Apresenta também um terceiro som, quando assustado. Seu nome vem do tupi e deriva de seu canto. Entre os traços interessantes do seu comportamento figura a técnica de engravatar alimento no solo por meio de pequenos pulos, objetivando remover camada superficial de folhas ou terra solta que recubra o alimento.

ELEIÇÃO 2

PRAÇA DA QUADRA 107

Opções:

a) Praça Cardeal

O cardeal é um pássaro de extraordinária beleza física e sonora. Sua principal característica é o topete eriçado de um vermelho intenso que invade também o peito. Mede cerca de 18cm. Formam bandos em época de muda, no entanto, são territorialistas em período de reprodução.

b) Praça das Araras

As araras possuem pés curtos, cabeça larga e robusta e bico curvo e resistente. Possuem vocalização característica, utilizada em suas interações sociais. Podem imitar sons com facilidade. A combinação de cores de suas penas varia de acordo com o gênero a que pertence. São 6 os gêneros de classificação das araras.

c) Praça Jaçanã

O jaçanã é conhecido por diversos nomes, como por exemplo: aguapeaçoca, cafezinho, japiaçó, pia-sol, Marrequinha e outros. Medem cerca de 23cm, possunido plumagem negra com manto castanho e algumas penas verde amareladas (as rêmiges), bico amarelo com escudo frontal vermelho. Possuem os pés enormes para seu tamanho, com dedos longos e finos, o que justifica a sua capacidade de caminhar, e até mesmo correr, sobre as plantas aquáticas, daí ser chamada de jesus bird em lugares da Austrália e da África.

d) Praça Tiatã

O tiatã possui canto sonoro e melodioso. É muito conhecido pelo nome de azulão. O macho da espécie é totalmente azul-escuro, com partes azuis brilhantes, enquanto a fêmea e os filhotes são pardos com as partes inferiores um pouco mais claras. Esta ave é territorialista, por isso não é possível vê-la em bando. Os casais ficam afastados uns dos outros, e os filhos ao atingirem a fase adulta deixam seus pais para procurarem seu próprio par.

ELEIÇÃO 3

PRAÇA DA QUADRA 301

Opções:

a) Praça Acauã

O acauã mede cerca de 47cm. Vive solitário, permanecendo pousado por longos períodos a média altura em árvores isoladas, inclusive em galhos secos, que ofereçam boa visibilidade. Costuma cantar ao entardecer e ao amanhecer. Seu canto dá origem ao seu nome.

b) Praça Curica

A curica mede entre 31cm e 34cm, ou seja, um pouco menor que os chamados papagaios-verdadeiros. Como características mais marcantes para separar as duas espécies, possui marca na calda em cor laranja, uma faixa azul passa na frente dos olhos e na testa, possui bico amarelado na base com o restante cinza escuro e é menos cabeçudo em relação ao corpo. Apresenta uma série de vocalizações, porém mais assobiadas e suaves, algumas parecidas com a da maitaca. Acredita-se que essa foi a espécie de papagaio primeiro observada pelos portugueses ao chegarem na costa brasileira.

c) Praça das Gaivotas

A família das gaivotas reúne noventa espécies de pássaros aquáticos, a maior parte marinhos, encontradas no mundo inteiro. No Brasil há aproximadamente vinte espécies. No geral, são aves média a grandes, a maior das espécies chega a 60cm de comprimento, possuem coloração branca ou cinzenta, geralmente com marcas pretas na cabeça ou asas. Possuem bicos fortes e compridos e patas com membranas. Suas presenças são marcadas por um grito característico, áspero e rouco.

d) Praça Urumutum

O urumutum mede até 58cm de comprimento. Possui longas asas e bico forte e curvado. Apresenta plumagem marrom em várias tonalidades. Sua face é amarelada na metade acima dos olhos e azulada na metade inferior. Tem uma crista de penas lisas e negras acima da cabeça. Procura o alimento no solo. Alimenta-se de frutos, sementes e artrópodes. Para fugir de predadores, prefere correr a voar.

ELEIÇÃO 4

PRAÇA DA AV. ARAUCÁRIAS ENTRE AS RUAS 30 E 31 SUL

a) Praça Biguá

O biguá possui plumagem escura e cerca de 75cm de comprimento. É um exímio mergulhador, aproveitando dessa habilidade para se alimentar de peixes, agindo em conjunto com outros biguás para encurralar o cardume contra a margem. O biguá é normalmente confundido com patos devida a aparência de suas patas com membranas.

b) Praça Colibri

O Colibri é uma ave encontrada apenas no continente americano. São aproximadamente 320 espécies. A maior parte delas está presente no Brasil. Seu tamanho varia entre 6 e 12cm, no entanto, a espécie denominada zumbidor mede apenas 58mm, sendo o menor pássaro do mundo. Possui um par de asas bem peculiar, responsável por imensa capacidade de voo, inclusive fazer malabarismos e voar para trás. São pássaros que impressionam pelo colorido muito variado que muda de acordo com o ângulo do qual são observados. Também é bastante conhecido como beija-flor.

c) Praça Suindara

A suindara, que também é conhecida por coruja-das-torres pode medir até 36cm. A face e peito são brancos e as penas das asas e dorso são manchadas em tons de marrom. As penas das asas são macias e densas, tornando o voo inaudível às suas presas. Sua cabeça gira até 270 graus, aumentando sua área de visualização.

d) Praça Tangará

O tangará mede cerca de 13cm. Os machos têm plumagem azul-celeste, cauda preta com duas penas centrais mais longas que as outras, e no alto da cabeça, uma brilhante coroa vermelha. Já as fêmeas são verde-escuras, com cauda mais longa que a dos machos e mais silenciosas. Entre os seus principais hábitos está a típica dança pré nupcial, onde os machos se revelam verdadeiros acrobatas, enfileirando-se vários deles num galho e exibindo-se ante a fêmea, um de cada vez. Depois de executarem o rito, cada um volta ao fim da fila e espera a vez de exibir-se novamente.

ELEIÇÃO 5

PRAÇA DA AV. CASTANHEIRAS ENTRE AS RUAS 7 NORTE E IPÊ AMARELO

Por abrigar também a Biblioteca Pública de Águas Claras, sugere-se que essa praça seja denominada Praça Coruja. A coruja é símbolo da sabedoria e do conhecimento. Na mitologia grega, Atena, deusa da sabedoria possuía uma coruja como mascote. Para os gregos a noite era considerada como o momento do pensamento filosófico e da revelação intelectual e a coruja, por ser uma ave noturna, representava a busca pelo saber. Esse simbolismo foi adotado pela civilização ocidental, inclusive sendo no Brasil a coruja o símbolo da Filosofia e também da Pedagogia.

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros