17 de agosto

GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais GDF - Administrações Regionais

Sobre a RA

EM FASE DE ELABORAÇÃO JUNTO AO GOVERNO DE BRASÍLIA.

Ana Paula Neves

Chefe da assessoria de Imprensa

(61) 3383-8918

ascom.aguasclaras@gmail.com

Brenda de Oliveira Fernandes

Assessora de Comunicação/ fotógrafa

(61)3383-8917

 

Maycon Ranniêr Andrade

Assessor técnico/ fotógrafo

 

 

Aguas Clarás, Distrito Federal

Foto: Michel Melo

Águas Claras é a XX região administrativa do Distrito Federal e está situada entre as RA’s de Taguatinga, Vicente Pires, Park Way, Guará, Núcleo Bandeirante e Riacho Fundo, e dista cerca de vinte quilômetros da Região Administrativa de Brasília. Seu nome é uma referência ao córrego de Águas Claras que nasceu na região e abastece o Lago Paranoá.

Foi a partir da Lei nº 3.153/2003, que Águas Claras, ao desmembrar-se da área de Taguatinga, transformou-se em Região Administrativa. A Região Administrativa – RA XX – Águas Claras, segundo delimitação realizada pela Codeplan, para fins de pesquisas e estudos, engloba os três setores a seguir:

 -> Águas Claras (Vertical); 

-> Setor Habitacional Arniqueira (Antigas colônias agrícolas Arniqueiras, Vereda Grande ou Veredão e Vereda da cruz);

->  Areal.

Arniqueira era uma área rural, ocupada desde o início do Distrito Federal. Paulatinamente, a área foi-se transformando em área urbana que atualmente se encontra em processo de regularização. Em Taguatinga, surgiu invasão que ficou conhecida por Areal. Mais tarde, em 1989, a área da invasão foi regularizada – quadras pares QS 06 a QS 10.

A RA é entrecortada pelos trilhos do Metrô do Distrito Federal, que atravessam a cidade de um extremo ao outro, dividindo-a nas porções territoriais sul e norte. Ao longo do trajeto, foram construídas quatro estações denominadas de Arniqueiras, Central Águas Claras, Concessionárias e Estrada Parque. O traçado urbano do Setor “Vertical” conta com avenidas e alamedas que receberam nomes das plantas, Araucárias, Castanheiras, Flamboyant e Ipê Amarelo, enquanto os nomes de suas praças foram inspirados na fauna do cerrado, a começar pelos pardais, beija-flor, tiziu, rouxinol e faisão.

Águas Claras tem uma população urbana estimada, para 2016, em 148.490 habitantes. Com um total estimado de 52.541 domicílios, Águas Claras tem a maior parte dos moradores (56,25%) com 25 a 59 anos de idade. Há ainda prevalência de pessoas casadas (42,64%) e católicas (54,28%). A maioria da população (41,71%) vive na região administrativa de um a cinco anos.

A área vertical da região continua sendo um grande canteiro de obras, contando com 722 edifícios já construídos e com habite-se, 143 em construção e 277 lotes vazios, totalizando aproximadamente 1.142 lotes, constantes do projeto original da cidade.

Dados gerais:

Área – 31,50 Km2

148.490 habitantes

Data de Aniversário da região – 06 de maio

Lei de criação – Em dezembro de 1992 a Lei nº 385 autorizou a implantação do Bairro de Águas Claras na Região Administrativa de Taguatinga—RA III e aprova o respectivo Plano de Ocupação. A Região Administrativa de Águas Claras – RA XX foi criada a partir da Lei n.º 3.153, de 06 de maio de 2003, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal de 21/05/2003, e já se tornou um referencial dentre as cidades que margeiam Brasília.

Curiosidades

Fazendo jus ao projeto pioneiro do urbanista Paulo Zimbres, responsável pela urbanização da cidade em meados de 92. Todas as praças da cidade recebem nomes da fauna brasileira. Por sua vez, ruas e avenidas, recebem nomes de plantas da nossa flora.

As praças Rouxinol, Faisão, Beija-Flor tiveram seus nomes escolhidos pelos próprios moradores em uma enquete ("Que pássaro deve cantar na sua praça") realizada em 2008.

Acesse a PDAD Águas Claras 2016: PDAD_Aguas_Claras_2016

Brasilia, 22/04/05. DOCUMENTARIO AGUAS CLARAS.Parque ecologico. Foto: Joel Rodrigues.

Parque Ecológico de Águas Claras

 

Criado em 15 de abril de 2000, pela Lei Complementar nº 287, o Parque tem como objetivos proteger o acervo genético da flora e da fauna nativas da região, áreas de nascente e recargas de aquíferos, proporcionando a realização de atividades voltadas para a educação ambiental, cultural e de lazer, visando o desenvolvimento de pesquisas ecológicas.

O Parque possui uma boa estrutura, com trilhas para caminhadas, várias quadras de voleibol e futevôlei, Escola da Natureza, além de uma unidade da polícia florestal. Dispõe, também, de floresta preservada com riachos e dois lagos e árvores frutíferas, plantadas por antigos chacareiros que ali habitavam. Exatamente como foi planejado, é uma mancha verde no cenário de prédios altos.

Às margens da Lagoa dos Patos é possível ver os prédios que, ao fundo, integram a paisagem do Parque Ecológico Águas Claras. Natureza e urbanização se unem assim para garantir mais qualidade de vida aos habitantes desta região administrativa do Distrito Federal. Além dos patos, que dão nome à Lagoa, é possível encontrar capivaras, gansos, tucanos e bem-te-vis que vivem por entre os ipês, ingás e muitas outras árvores frutíferas encontradas nos 86 hectares de área do Parque.

Administrado pelo Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do DF (Ibram), o Parque sedia o Centro de Referência em Educação Ambiental Águas Claras, que realiza atividades de vivência junto ao meio ambiente direcionadas a alunos de escolas do DF. Em parceria com a Secretaria de Educação, o projeto Ginástica nas Quadras oferece aos frequentadores atividades físicas durante a semana.

 

INFORMAÇÕES GERAIS

 

Legislação de Referência – Lei Complementar nº 287, de 15 de abril de 2000 (DODF 26/04/2000)

Área (ha): 95,4876

Perímetro (m): 5.589,87

Endereço: Avenida Castanheiras – Centro.Situado atrás da Residência Oficial de Águas Claras, entre as quadras 301, 104, 105 e 106 da cidade.

Localização: Área adjacente às Quadras, 103, 105, 106, 107 e 301, de Águas Claras, à margem da Avenida Parque Águas Claras, próximo à Estação de Metrô Águas Claras.

Horário de funcionamento: Diariamente, das 06h às 22h.

Administração do Parque Ecológico: (61)9 9219-8733/ email:  parqueaguasclaras.ibram@gmail.com

Escola Ambiental: 3381-1784

 

 

BENFEITORIAS

O Parque Ecológico de Águas Claras recebe nos finais de semana uma média de 4 mil pessoas que circulam por lá para praticar exercícios físicos, interagir com a natureza ou simplesmente relaxar. Nesse sentido, com o objetivo de atender melhor esses usuários, a Administração Regional de Águas Claras, em parceria com o Ibram e a Novacap, realizou diversas obras no local.

São elas:

Construção dos banheiros públicos

Início da construção da sede da Polícia Ambiental

Construção do campo de areia

Reforma das quadras de futevôlei

Construção da cobertura da ponte

Ampliação da rede de águas pluviais às margens do Parque (Qd. 301 e 104)

Cobertura da quadra poliesportiva

Implantação de mais um PEC

Demolição de próprios inservíveis

Reparos no alambrado

Substituição do asfalto das trilhas

Recuperação de áreas degradadas

Sinalização do estacionamento em frente à Administração

Mutirões de limpeza em parceria com os grupos de ginástica, escoteiros, yôga, vôlei, entre outros.

Continuaremos trabalhando para trazer melhorias ao parque e solicitamos a toda comunidade que seja parceira na sua manutenção e conservação. Manter o parque limpo e cuidado é um dever de todos!

 

Acervo ASCOM RA XX - Águas Claras (12)

 

Águas Claras vertical

O bairro de Águas Claras teve sua autorização de implementação através da Lei n.º 385 de 16 de dezembro de 1992, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal em 17/12/1992. Sua criação deu-se pela necessidade de viabilizar o metrô como uma proposta racional de ocupação do solo e expansão ordenada de Brasília. Quando a cidade foi planejada pelo arquiteto e urbanista Paulo Zimbres buscou-se a mesma qualidade de vida do Plano Piloto, embora em outros moldes urbanísticos. O projeto seguiu os princípios arquitetônicos contemporâneos de funcionalidade, conforto e harmonia visual.

Com 23 anos de existência e apenas 13 de emancipação, continua sendo o maior canteiro de obras do Brasil, contando com 722 edifícios já construídos com habite-se, 143 em construção e 277 lotes vazios, totalizando aproximadamente 1.142 lotes, constantes do projeto original da cidade.  Mais de 60 construtoras atuam diretamente no desenvolvimento da cidade que se tornou referência em debates e conferências sobre urbanismo em todo o país.

Dos seus 808 hectares, foram reservados 403 para área verde. As Avenidas e alamedas possuem nomes inspirados em plantas, como: Araucárias, Castanheiras, Flamboyant, Ipê Amarelo, etc. As praças receberam nomes inspirados em pássaros como: Pardal, Beija-Flor, Tiziu, etc.

Os quatro viadutos nos principais pontos da cidade viabilizaram, em janeiro de 2009, o novo sistema viário da área vertical. Cada viaduto liga uma avenida à outra, ou seja, as Avenidas Castanheiras e Araucárias estão operando em sentido inverso de mão única e com mais uma faixa de rolamento.

No Sistema de Transporte Público, o metrô tem papel fundamental no desenvolvimento local. Seus trilhos atravessam a cidade de um extremo ao outro, dividindo-a em bairros Sul e Norte. Com previsão de quatro estações, atualmente funcionando três: Arniqueira, Águas Claras e Concessionárias, interligando a cidade ao Plano Piloto, Guará, Samambaia e Ceilândia. O Sistema apresenta também, linhas regulares de ônibus e microônibus.

O Setor Educacional da área vertical  possui uma creche pública em funcionamento. Atualmente várias escolas oferecem educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e superior. Atualmente existem cinco universidades particulares em funcionamento no cidade.

Já é possível vislumbrar Águas Claras completa, tornando-se uma das melhores cidades do Distrito Federal para se viver, oferecendo aos seus moradores um vasto ambiente de beleza com praças, jardins, galerias comerciais, shoppings e outros.

 

Arniqueira

 

O Setor Habitacional Arniqueira era uma área rural, ocupada desde o início do Distrito Federal. Paulatinamente, a área foi-se transformando em área urbana que atualmente se encontra em processo de regularização.O Setor Habitacional Arniqueira (Vereda Grande, Arniqueira e Veredão) teve suas primeiras ocupações rurais ainda na década de 60.

A renda bruta das famílias de Arniqueira é de R$6.196,00 (seis mil cento e noventa e seis reais), 12,1 salários mínimos, próxima a renda média encontrada para a região total de Águas Claras.

De acordo com o estudo da Codeplan (PDAD 2016), Arniqueira possui o percentual de crianças (20,19%) superior ao de Areal (17,40%) e de Águas Claras Vertical (15,60%).

Na área educacional, o setor conta com a Escola Classe Arniqueira que atende alunos de 1º a 5ª séries.

O setor está sob a Ação Civil Pública nº 2008.34.00.025634-3 por Decisão Interlocutória – 20ª Vara da Secretaria de Justiça do Distrito Federal. A referida ação é de cunho ambiental e determina embargo de obras em área de preservação.

Devida a esta ação cível o GDF publicou no Diário Oficial do Distrito Federal do dia 14/02/2011 o Decreto nº 32.766/11, que criou o grupo emergencial de combate a ocupações irregulares em Arniqueira.

Atualmente o projeto para a regularização do setor está em fase avançada. A Terracap contratou em (2010) a empresa Topocart para desenvolver os projetos urbanísticos e ambientais para a legalização do setor. Os mapas podem ser consultados através do blog:www.projetoarniqueira.blogspot.com

Gerência Regional de Arniqueira

Gerente: André Luis Sales dos Santos

 

Areal

Ainda não está oficialmente definida a poligonal do Areal, entretanto é a Administração de Águas Claras que atualmente atende a demanda do local.

Setor Educacional conta com : Duas escolas públicas, um Centro Infantil e uma Escola Técnica. O CAIC (Qs.07) atende alunos de 1ª a 4ª série e a Escola Classe Vila Areal (Qs. 06) de 5ª a 9ª serie. O Centro de Educação Infantil (QS 11) atende crianças de 4 e 5 anos.

A única Escola Técnica pública do DF está no Areal. A Escola Técnica de Brasília localizada na QS 07, foi criada pela Resolução nº. 5.505 de 21/6/96, do então Conselho Diretor da Fundação Educacional do Distrito Federal. O Areal possui ainda uma creche pública (Creche Irma Celeste Qs.06) que atende mais de 200 crianças. O local também abriga o Albercon, único albergue público do DF.

Saúde Pública conta apenas com o Centro de Saúde do Areal. Uma Unidade Básica de Saúde foi inaugurada recentemente na QS 05.

 

ADE

A definir.

 

ACESSE PDAD ÁGUAS CLARAS 2016:

PDAD_Aguas_Claras_2016

 

MAPA_GERAL_RAXX_-_SEDHAB

 

MAPA_ADE

 

MAPA_RAXX_-_SETORES_-_A0_AREAL

 

MAPA_RAXX_-_SETORES_-_A1_ADE

 

MAPA_RAXX_-_SETORES_-_A1_ARNIQUEIRAS MAPA_RAXX_-_SETORES_-_A1_ARNIQUEIRAS_CONJUNTOS

 

MAPA_RAXX_-_SETORES_-_A1_VERTICAL

 

MAPA_RAXX_GERAL-HACHURA_E_BORDA-A0

 

MAPA_RAXX_GERAL-HACHURA_E_BORDA-A1

 

MAPA_RAXX_GERAL-SETORES_COLORIDOS_-A0

 

MAPA_RAXX_GERAL-SETORES_COLORIDOS-A1

 

MAPA_TRyENSITO_yEGUAS_CLARAS

 

MAPA_yEGUAS_CLARAS_-_DESTINAyOyIO_DE_LOTES_-_PDL

 

MAPA_yEGUAS_CLARAS_VERTICAL_-_EQUIP.PyuBLICOS

 

MAPA_yEGUAS_CLARAS_VERTICAL_-OCUPAyOAO_LOTES_2012

Administrador Regional

Manoel Valdeci Machado Elias

3383-8911

 

Chefe de Gabinete

Jerusa da Silva Ribeiro

3383-8933 / 3383-8947

 

Chefe da Assessoria de Comunicação Social

Ana Paula Neves Arruda

3383-8918 / 3383-8917

ascom.aguasclaras@gmail.com

 

Chefe da Assessoria Técnica do Gabinete

Manoel Ninaut Filho

3383-8902

astecraxx@gmail.com

 

Chefe da Assessoria de Planejamento e Ordenamento Territorial do Gabinete

Simone Tavares Capistrano

3383-8905

 

Ouvidor da Ouvidoria do Gabinete

Caroline Stephanie Gonçalves de Azevedo

3383-8969/ 3383-8941

ouvidoria@aguasclaras.df.gov.br

 

Chefe da Junta do Serviço Militar

Caio Mario Camargo Santil

3383-8963

 

Coordenador da Coordenação de Licenciamento, Obras e Manutenção

Marcelo Ferreira Nunes 

3383-8960

 

Diretor(a) da Diretoria de Obras

Angélica Melo F. Botelho

 

Gerente da Gerência de Execução de Obras

Norberto Duarte de Souza

3389-8931

 

Gerente da Gerência de Manutenção e Conservação 

Fernando D Albuquerque Augusto

 

Diretor(a) da Diretoria de Aprovação e Licenciamento

Raquel Cavalcanti Machado

3383-8914 / 3383-8966

 

Gerente da Gerência de Licenciamento de Obras e Atividades Econômicas

Tiago Rodrigues

3383-8904 / 3383-8982

 

Gerente da Gerência de Elaboração e Aprovação de Projetos

Eduardo Freitas

3383-8906

 

Gerente da Gerência de Topografia e Desenho Técnico

Marcos Silva

 

Diretor da Diretoria de Articulação

Wilson Valente Lima

3383-8986

 

Coordenador(a) da Coordenação de Desenvolvimento

Alessandra Medeiros Rocha

3383-8905

 

Gerente da Gerência de Desenvolvimento Econômico

Kaio Alburquerque Rosa

 

Gerente da Gerência de Políticas Sociais

Lucrécia Costa Araújo

3383-8973

 

Diretor(a) da Diretoria de Desenvolvimento e Ordenamento Territorial

Cláudia Borges Menezes Ribeiro 

3383-8915/3383-8916/ 3383-8924

 

Gerente da Gerencia de Cultura, Esporte e Lazer

Johnbertson Bezerra de Souza Soares

3383-8973

 

Coordenador da Coordenadoria de Administração Geral

Jesuino de Jesus Pereira Lemes

3383-8972 / 3383-8951

 

Gerente da Gerência de Administração Geral

Aline de Lacerda Rios

3383-8974

 

Chefe do Núcleo de Atendimento, Protocolo e Arquivo

Maria Petronila da Silva Alves

3383-8909

 

Chefe do Núcleo de Material e Patrimônio

Andrea Marea de Oliveira Ferreira

3383-8936/3383-8949

 

Chefe do Núcleo de Informática

3383-8961

 

Gerente da Gerência de Pessoas

Uramar Santos Barbosa Teixeira

3383-8922/3383-8944/3383-8945

 

Gerente da Gerência de Orçamento e Finanças

Shirley Lopes Cavalcante e Silva

3383-8942/8943/3383-8979

 

Gerente da Gerência Regional de Arniqueira

André Luis Sales dos Santos

3356-4550

 

Vigilância Ambiental

José Aparecido

3383-8903

 

Vigilância Sanitária

Ivan Bispo de Assis

3383-8967

IMG_0579

Manoel Valdeci Machado Elias,

Administrador de Empresas, Contabilista e Bacharel em Direito, nasceu na cidade de Independência no Ceará, de onde saiu com seus pais para Brasília aos seis anos de idade. Na década de 90, Valdeci Machado foi Diretor executivo e Presidente do Conselho Superior da ACIT- Associação Comercial e Industrial de Taguatinga. Em 2006, foi Administrador Regional de Águas Claras e no mesmo período foi Vogal na Junta Comercial do Distrito Federal. Valdeci Machado foi presidente até 2015, da ACIAC- Associação Comercial, Empresarial e Industrial de Águas Claras e novamente nomeado Administrador Regional da cidade. Tem participação em diversos Conselhos dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, inclusive nos Conselhos do COPEP/PRÓDF e FCO, e ainda, com ofícios da Maçonaria, onde está a mais de 30 anos. É membro da Loja Virtude e Razão do Rito Moderno e atualmente ocupa o cargo de Ministro do Tribunal de Contas do Grande Oriente do Brasil, em Brasília-DF.

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros